Memórias de Izidora

No cotidiano de uma ocupação urbana espontânea autoconstruida na Região Metropolitana de Belo Horizonte e conhecida como Izidora, subsiste uma comunidade de cinema formada por uma pluralidade de sujeitos que filmam a vida política e cotidiana daquele território, salvaguardando a sua memória coletiva. Este filme é uma montagem dessa memória audiovisual na perspectiva de quatro personagens cineastas.

Olá, isso é um comentário. Para começar a moderar, editar e excluir comentários, visite a tela de Comentários no painel. Avatares de comentaristas vêm a partir do Gravatar.