Debate :: As imagens de Pablo Salas e a resistência popular chilena

Mediação: Aiano Bemfica

Desde o início dos anos 80, no auge da ditadura militar de Pinochet, Pablo Salas filma junto aos protestos populares, poblaciones, organizações da Luta Armada e durante ações de repressão policial. Cinegrafista chave para constituição de uma memória audiovisual da luta social chilena, além de produzir reportagens para TVs internacionais, dirigiu filmes e fotografou obras de cineastas como  Pedro Chaskel, Patricio Guzmán e Pablo Basulto. Hoje, parte de sua produção faz parte do acervo do “Museo de la Memoria y los Derechos Humanos de Chile”, onde contribuem para a recuperação  crítica da história durante o  período da ditadura. Com a presença de Pablo Salas e da pesquisadora Alessandra Chelest, neste debate iremos conversar sobre a importância destas imagens quando olhamos para a história da resistência popular chilena.

Olá, isso é um comentário. Para começar a moderar, editar e excluir comentários, visite a tela de Comentários no painel. Avatares de comentaristas vêm a partir do Gravatar.