Vila Corumbiara

A Vila Corumbiara surge em 1996, quando 379 famílias que integravam núcleos de sem casa na região do Barreiro, devido à demora e à baixa produção de moradia, ocuparam um terreno no Vale do Jatobá, inaugurando um novo momento de lutas na cidade. A ocupação foi organizada por diversas lideranças e militantes que fundaram o MLB, como a companheira Eliana Silva, que se dedicou amplamente à luta pelo direito à moradia e à cidade, tornando uma importante referência para os movimentos da luta popular. As estratégias de auto-organização da ocupação inspiraram fortemente as estratégias do MLB, principalmente nas comissões de trabalho e no planejamento urbano das ocupações. A ocupação recebeu esse nome em homenagem aos mortos num conflito em 1995 entre camponeses sem terra e forças militares do Estado de Rondônia, que ficou conhecido como Massacre de Corumbiara. Resistindo às ameaças do cerco policial e às ordens de despejo, a ocupação começou uma intensa jornada de lutas por direito à rede de energia, de água e de esgoto, transporte, creche comunitária, coleta de lixo, iluminação pública e transporte escolar, que foram sendo conquistadas com muita combatividade. Hoje, com mais de 25 anos, a Vila Corumbiara se transformou em um bairro consolidado e regularizado.

Olá, isso é um comentário. Para começar a moderar, editar e excluir comentários, visite a tela de Comentários no painel. Avatares de comentaristas vêm a partir do Gravatar.